quinta-feira, 22 de abril de 2010

Sensacionalismo barato... culpa nossa!

Estava eu a conversar com amigos na comunidade do orkut Calouros que fizeram história. O assunto era essa enxurrada de notícias ruins que recebemos através da mídia, em detrimento da maioria esmagadora de coisas boas que acontecem todos os dias ao nosso redor - mas que não dão Ibope, não é mesmo?


Pois é, mas a culpa é nossa, que damos audiência pra tudo isso. Vamos começar uma campanha contra programas no estilo "Cidade Alerta" ou "Brasil Urgente", por favor, meus queridos! A campanha é simples: basta não assistir! E se o seu telejornal favorito não cansa de sensacionalizar uma notícia que não te ajuda em nada, mude de canal! Só fará bem a você mesmo!


Sintetizando tudo o que foi dito por lá, gostaria de compartilhar o comentário da Cida Gentil Beato, pessoa de uma sensibilidade ímpar que, na minha opinião, expressou de maneira espetacular qual deve ser o nosso comportamento, se quisermos começar a fazer um mundo melhor.


Querer e prestar a atenção no melhor é questão de exercício, ou seja, vc tem que exercitar já que o pior sempre chama mais a atenção. E não é fácil, mas é necessário racionalizar bastante e tornar-se exigente com aquilo que se quer para si. Querer o melhor, saber preferencialmente dos bons acontecimentos, das boas ações, do que é melhor em todas as áreas, deve ser uma meta.
É a minha e foi a forma que descobri para ser feliz, não que não me sensibilize com as catástrofes, mas com atrasos de voos por causa da poeira vulcânica, eu nem ouço...rs.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Wanderson Freitas22 de abril de 2010 12:28

    Disse tudo minha amiga Cidazinha...
    É interessante observar, sobre o pensamento dela, que a imensa e esmagadora maioria dos habitantes de nosso planeta não usa o avião como meio de transporte, mas compram a notícia como se fosse a coisa mais importante do mundo!

    ResponderExcluir
  2. Wanderson, tem razão! É claro que essa notícia nos afeta de alguma forma, mas nada a ponto de ficarmos a semana inteira ligando a tv, entrando na internet, comprando jornais, pra saber como anda as coisas!

    E as pessoas ficam, fazem isso toda vez que surge uma noticia nova (e ruim!). Bastaria saber e pronto (já que a gente tem tanta ânsia de informação).

    ResponderExcluir
  3. gostei do post e claro muito sábia as palavras da minha querida Cidazinha...
    eu falo sempre aqui em casa pro meu pai que os jornais e programas de tv só mostram desgraças e coisas ruins...a vida do brasileiro ja é dificil e ele liga a tv,abre os jornais e só ve desgraças...acho q desanima mais ainda...rs.

    ResponderExcluir
  4. Isso q Cida falou é o que faço há muito tempo.
    Não só com os noticiários e programas deste nível mas tbm com as pessoas q me rodeiam.Se só sabem falar sobre coisas negativas e com isso trazem com elas negatividade prefiro ficar afastada.

    ResponderExcluir
  5. É, o que a Mônica disse é um alerta pra pessoas baixo-astral, negativas, que reclamam de tudo: cuidado, vocês podem ficar sozinhas!

    ResponderExcluir
  6. A Cida tem razão precisamos parar de ouvir coisas ruim e evitar pessoas negativas, se ouvimos só coisas boas e ficarmos sempre com pessoas positivas e alegres, a vida sempre estara melhor, Luiz bem legal vc ter postado isso aqui, beijos!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar! Marque a caixa "Notificar-me" para receber as respostas do seu comentário por email.
Abraços do Luiz França.